Sociologia Ambiental: Conheça o Pensamento

Sociólogos reúnem esforços para compreender os conflitos sociedade-natureza

Por Vilma Rosa Ramos | Foto: Revista Sociologia | Adaptação web Isis Fonseca

Sociologia ambiental

Sociologia Ambiental é um ramo relativamente novo da Sociologia que se propõe a refletir e discutir as relações nem sempre harmônicas existentes entre a  sociedade e o meio ambiente.

Ao longo da história da humanidade pode-se observar diversos momentos de ruptura do equilíbrio sociedade-natureza. Cada ruptura dessas teve suas próprias especificidades e características no que tange aos seus níveis de gravidade, extensão, impacto e causas (se naturais ou sociais), no entanto é com o estabelecimento das sociedades industriais capitalistas que esse equilíbrio sofre o seu mais assombroso abalo.

O padrão insustentável de consumo de recursos naturais por essas sociedades fizeram surgir um cenário de degradação ambiental nunca antes visto. A natureza não consegue suprir as necessidades desse modelo, o que evidencia uma incompatibilidade gigantesca entre os ciclos naturais e os ciclos de produção humana.

Diante desse quadro, podemos dizer que a Sociologia Ambiental pode ser entendida como um esforço da Sociologia em estudar os conflitos sociedade-natureza, compreender as causas e implicações sociais relacionadas ao desequilíbrio ambiental do planeta e tentar, na medida do possível, contribuir com respostas aos inúmeros problemas relacionados.

Leia a matéria na íntegra, adquira sua Revista Sociologia Ciência & Vida Ed. 72!

sociologia-ambiental